A quaresma de São Miguel - o que é e como rezar - Rafael Brito (2022)

A devoção da quaresma de São Miguel nasceu com São Francisco de Assis que, desejoso de entrar em comunhão com o mundo invisível, dedicava quarenta dias no ano para se retirar no Monte de La Verna, para estar com Deus.

O que é a quaresma de São Miguel?

A quaresma de São Miguel, como próprio nome já indica: quaresma vem do latim quadragésima, que significa quarenta.

Portanto, estamos falando de quarenta dias de oração junto com o Arcanjo Miguel, com início no dia 15 de agosto e término no dia 29 de setembro, na Festa dos Santos Arcanjos.

Mesmo praticando esta devoção e rezando todos os anos, muitos de nós não sabemos como surgiu e nem como rezá-la.

Como nasceu esta devoção?

Nós temos que voltar um pouco atrás, no ano de 1224, com São Francisco de Assis que, amando profundamente o Senhor, todos os anos – do dia 15 de agosto, Festa da Assunção de Nossa Senhora, até o dia 29 de setembro – dedicava 40 dias de oração e penitência, para estar presente com o Senhor, em honra ao Arcanjo Miguel.

São Francisco de Assis recebeu uma missão específica da parte de Deus, enquanto estava em São Damião, quando viu aquela igreja caindo aos pedaços. Ele escutou a voz do Senhor que dizia: “Francisco, vai e reconstrói a minha igreja”. É, justamente, nesse processo de reconstrução, de restauração da Igreja de Cristo – que não é a partir de uma estética, de construir uma catedral, construir ou reformar algo que está quebrado – mas sim uma igreja interior.

Francisco e os santos anjos

Francisco é usado profundamente por Deus para ser um instrumento de restauração interior para uma igreja que, naquele tempo, vivia longe da realidade proposta pelo evangelho e também da proposta pelo povo, que esperava uma igreja próxima. Nas suas pregações, nas suas histórias – as mais famosas, compiladas pelos seus primeiros companheiros como Tomás de Celano, São Boaventura e demais fontes franciscanas – conta desse relacionamento que Francisco tinha com o mundo angélico e com os homens.

No ano de 1224, Francisco começa o seu caminho em La Verna, região da Toscana, na Itália, onde ele ganhou um terreno de um conde daquela época, onde ele se coloca em retiro para poder escutar a voz de Deus. Era em La Verna que ele, junto com Frei Leão e os outros primeiros companheiros, se recolhiam em oração, em uma busca pela intimidade com Deus.

Foi aqui que Francisco começou esses 40 dias de oração para a sua ascese pessoal, pela igreja e também em honra ao Arcanjo Miguel, para que este pudesse não somente protegê-lo, mas proteger também toda ordem dos frades menores, que hoje nós chamamos de franciscanos.

A peregrinação ao Monte Gargano

No período em que Francisco estava rezando e buscando, justamente, viver essa intimidade com o céu, ele saiu de La Verna, na Toscana, e foi até Apúlia, em peregrinação ao Monte Gargano, local em que o Arcanjo Miguel apareceu no quarto século e ele mesmo o consagrou, tornando-o o primeiro Santuário do Arcanjo na história da Igreja.

Ao chegar na entrada do Santuário de São Miguel Arcanjo, Francisco ficou à porta e não entrou pois não se achava digno de entrar no lugar onde o Arcanjo, Príncipe da Milícia Celeste, havia pisado.

Já em La Verna, no retorno da peregrinação, durante uma dessas meditações – a quaresma de São Miguel – no dia 14 de setembro, Festa da Exaltação da Santa Cruz, Francisco tem a visão do Serafim, pregado a uma cruz, e pede ao Senhor para morrer na graça e para que a sua vida seja configurada a Cristo. À medida que continuava na contemplação, o Senhor imprimiu em seu corpo as suas chagas.

A quaresma de São Miguel se tornou algo popular na Itália, mas sobretudo nos países lusófonos, os países que falam língua portuguesa. Nossos irmãos portugueses, que já tinham uma cultura e devoção especial ao Arcanjo Miguel, trouxeram também para o Brasil. Desde então o brasileiro reza a quaresma pedindo que São Miguel interceda junto a Deus pelas nossas causas impossíveis, e que Deus realize a vontade dele na nossa vida.

Elementos fundamentais para viver bem este período de oração:

1. A Ladainha de São Miguel

De origem grega, ladainha quer dizer “suplica”. Sempre muito usadas para indicar as suplicas que os fiéis rezam, ocupam um lugar todo especial na devoção popular..

Na ladainha, as invocações iniciais não se dirigem a São Miguel, mas sim, a Jesus Cristo e à Santíssima Trindade. Em seguida, à Nossa Senhora, rainha dos Anjos e depois se invoca Arcanjo e seus títulos que ao longo da história a Igreja lhe concedeu.

2. A vela

A vela representa Cristo, que ilumina as trevas, e pelo qual o Arcanjo vive e participa daquela vida eterna.

3. Uma imagem ou estampa do arcanjo

A imagem do arcanjo é para lembrar-nos que, assim como a imagem, está ali também o príncipe dos céus.

4. A Palavra de Deus

E sobretudo a Palavra de Deus, que é a espada que expulsa e vende qualquer mal.

Como rezar a quaresma de São Miguel

  • Acender uma vela abençoada diante de uma imagem ou estampa de São Miguel Arcanjo;
  • Oferecer uma penitência durante os 40 dias;
  • Fazer o sinal da cruz;
  • Rezar as orações próprias da quaresma

Orações:

1.Sinal da cruz.

Pelo sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

2.Pequeno exorcismo de Leão XIII.

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate. Cobri-nos com o vosso escudo contra os embustes e ciladas do demônio. Subjugue-o Deus, instantemente o pedimos; e vós, príncipe da milícia celeste, pelo divino poder, precipitai no inferno Satanás e os outros espíritos malignos que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.

3.Ladainha de São Miguel Arcanjo

Senhor,tende piedade de nós.
Jesus Cristo,tende piedade de nós.
Senhor,tende piedade de nós.

Cristo,ouvi-nos.
Cristo,atendei-nos.

Pai celeste, que sois Deus,tende piedade de nós.
Filho redentor do mundo, que sois Deus,tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus,tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus,tende piedade de nós.

Santa Maria, Rainha dos Anjos,rogai por nós.
São Miguel,rogai por nós.
São Miguel, cheio da graça de Deus,rogai
São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino,
São Miguel, coroado de honra e de glória,
São Miguel, poderosíssimo príncipe dos exércitos do Senhor,
São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade,
São Miguel, guardião do Paraíso,
São Miguel, guia e consolador do povo israelita,
São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante,
São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante,
São Miguel, luz dos anjos,
São Miguel, baluarte dos cristãos,
São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da cruz,
São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida,
São Miguel, socorro muito certo,
São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades,
São Miguel, arauto da sentença eterna,
São Miguel, consolador das almas que estão no Purgatório,
São Miguel, a quem o Senhor incumbiu de receber as almas depois da morte,
São Miguel, nosso príncipe,
São Miguel, nosso advogado,rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo,perdoai-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo,ouvi-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo,tende piedade de nós.

Rogai por nós, ó glorioso São Miguel, príncipe da Igreja de Cristo,
para que sejamos dignos de suas promessas.

Oremos: Senhor Jesus, santificai-nos por uma bênção sempre nova e concedei-nos, pela intercessão de São Miguel, essa sabedoria que nos ensina a ajuntar riquezas do céu e a trocar os bens do tempo presente pelos da eternidade. Vós que viveis e reinais em todos os séculos dos séculos. Amém.

4.Consagração a São Miguel Arcanjo.

Ó Príncipe nobilíssimo dos Anjos, valoroso guerreiro do Altíssimo, zeloso defensor da glória do Senhor, terror dos espíritos rebeldes, amor e delícia de todos os Anjos justos, meu diletíssimo Arcanjo São Miguel, desejando eu fazer parte do número dos vossos devotos e servos, a vós hoje me consagro, me dou e me ofereço e ponho-me a mim próprio, a minha família e tudo o que me pertence, debaixo da vossa poderosíssima proteção.

É pequena a oferta do meu serviço, sendo como sou um miserável pecador, mas vós engrandecereis o afeto do meu coração; recordai-vos que de hoje em diante estou debaixo do vosso sustento e deveis assistir-me em toda a minha vida e obter-me o perdão dos meus muitos e graves pecados, a graça de amar a Deus de todo coração, ao meu querido Salvador Jesus Cristo e a minha Mãe Maria Santíssima.

Obtende-me aqueles auxílios que me são necessários para obter a coroa da eterna glória. Defendei-me dos inimigos da alma, especialmente na hora da morte. Vinde, ó príncipe gloriosíssimo, assistir-me na última luta e com a vossa arma poderosa lançai para longe, precipitando nos abismos do inferno, aquele anjo quebrador de promessas e soberbo que um dia prostrastes no combate no Céu.

São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate para que não pereçamos no supremo juízo.

Quaresma de São Miguel

Neste ano de 2021, eu espero você para juntos mergulharmos no mistério destes nossos irmãos celestiais, que foram comandados por Miguel a vencer todo mal.

A partir do dia 15 de agosto, sempre às 22h, no meu perfil do Instagram e no meu canal no Youtube, nós rezaremos juntos a quaresma de São Miguel.

Que os anjos estejam com você!

You might also like

Latest Posts

Article information

Author: Gregorio Kreiger

Last Updated: 05/05/2022

Views: 6535

Rating: 4.7 / 5 (77 voted)

Reviews: 92% of readers found this page helpful

Author information

Name: Gregorio Kreiger

Birthday: 1994-12-18

Address: 89212 Tracey Ramp, Sunside, MT 08453-0951

Phone: +9014805370218

Job: Customer Designer

Hobby: Mountain biking, Orienteering, Hiking, Sewing, Backpacking, Mushroom hunting, Backpacking

Introduction: My name is Gregorio Kreiger, I am a tender, brainy, enthusiastic, combative, agreeable, gentle, gentle person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.