Dor nas costas, Dor na coluna (2022)

Na grande maioria dos casos a dor nas costas ou dor na coluna é de origem musculosquelética (muscular). As dores podem surgir na sequência de uma má postura, stress, cansaço, levantamento de pesos, falta de exercício regular, etc., podendo facilmente ser resolvida através de medicação e de algumas medidas gerais, como veremos adiante com detalhe.

A dor nas costas pode ser devida a algumas patologias da colunacomo a espondilose (artrose na coluna), hérnias discais (ou hérnias de disco), estenoses, entre outras ou, então, a outras doenças, como os cálculos renais (pedra nos rins), aneurisma da aorta, doenças do pâncreas, endometriose, entre muitas outras. Veja mais informação em "causas da dor de costas".

A dor pode instalar-se de forma gradual (vai doendo cada vez mais) ou, então, pode surgir de forma súbita (“repentina” ou “de repente”), sendo que este facto e a intensidade da dor não estão, por norma, diretamente relacionados com a gravidade do problema. A dor nas costas é um sintoma que deverá ser sempre avaliado pelo médico. Se a dor nas costas for muito forte ou se houver outros sintomas como febre, arrepios, perda de peso, dificuldade em respirar, problemas em se movimentar, entre outros sinais e sintomas a valorizar, deverá procurar um médico com urgência.

A dor na coluna atinge uma larga maioria da população, estando entre as principais causas de absentismo ao trabalho. Apesar das dores na coluna serem na maioria dos casos perfeitamente benignas, elas podem ser muito incomodativas e incapacitantes, degradando muito a qualidade de vida das pessoas. Felizmente, que na maioria dos casos, existe um conjunto de medidas curativas e preventivas que nos permitem tratar e prevenir eficazmente este problema. Veja mais informação em tratamentos e medidas preventivas.

Mediante a localização da dor, da sua intensidade e demais sinais e sintomas, poderemos orientar o diagnóstico, conforme veremos a seguir.

Localização da dor de costas

A coluna vertebral é formada por uma série de vértebras (ossos da coluna), que se articulam entre si, através dos discos intervertebrais.

As dores podem afetar qualquer segmento ou parte da coluna. O termoraquialgiaé usado para nos referirmos à dor na coluna ou nas costas em geral, podendo distinguir-se entre:

  • Cervicalgia (dor cervical) - O termo cervicalgia é usado para nos referirmos à dor na coluna cervical ou “dor na parte de cima nas costas“, onde se localiza a região cervical;
  • Dorsalgia (dor dorsal) - O termo dorsalgia é usado para nos referirmos à dor na coluna dorsal ou “dor no meio das costas”, onde se localiza a região dorsal;
  • Lombalgia (dor lombar) - O termo lombalgia é usado para nos referimos à dor na coluna lombar ou à ”dor na parte de baixo das costas”, “dor nas costas próximo à cintura” ou “dor no final das costas”, onde se localiza a região lombar.

Em termos de lateralidade, a dor tanto pode ser bem localizada na região mediana ou “no centro da coluna” ou mais na parte lateral, afetando apenas um lado (dor no lado esquerdo ou dor no lado direito), como pode, em alguns casos, ocorrer dos dois lados ou ser mais difusa.

Por vezes, a dor pode irradiar (“uma dor que vai da coluna”) para outras regiões anatómicas, sendo a mais frequente a dor ciática (ciatalgia). A ciatalgia é uma dor nas costas que irradia para as pernas até ao pé, que ocorre como consequência da compressão do nervo ciático, que se estende desde a coluna até aos pés. Podem também ocorrer adormecimento (formigueiros) ou alterações da força no(s) membro(s) afetado(s).

A lombalgia é o tipo de dor na coluna mais frequente, sendo mesmo uma das queixas médicas mais comuns. Estima-se que a lombalgia atinja até 90% dos adultos ao longo da vida.

Para além da dor, a lombalgia manifesta-se como rigidez, desconforto ou tensão nas costas, sendo a intensidade muito variável, desde ligeira a muito intensa, podendo mudar ao longo do dia, com movimento, em algumas posições ou atividades. A maioria dos doentes refere que sentar ou deitar permite abrandar os sintomas.

Em relação aos quadros associados à dor nas costas, é de salientar também alguns tipos de variações. A dor de costas pode ocorrer apenas com a realização de certos movimentos (ao andar, ao correr, saltar, ao deitar, subir ou descer escadas, etc.) ou, então, apenas em certas posições. Em muitas situações, a dor de costas pode ocorrer mesmo em repouso (dores constantes), seja de pé, sentado ou deitado. A dor nas costas ao respirar tende a agravar (a doer mais) dada a necessidade de movimento dos músculos que são precisos mexer para respirarmos (inspirar e expirar). Quando respira fundo, quando tosse ou ao espirrar, a dor tende a ser, ainda, agravada, no contexto destes movimentos mais intensos / bruscos. Em qualquer um destes quadros associados, a aparente gravidade não está diretamente relacionada com a seriedade da patologia subjacente, conforme abordaremos em cada uma das causas para a dor de costas.

Dor nas costas, Dor na coluna (1)

(Video) Acabe com a dor nas costas

Causas da dor nas costas

Existem diversas causas para a dor na coluna, podendo também identificar alguns fatores de risco para o surgimento da sintomatologia. Os problemas musculares podem, na maioria das vezes, ser acautelados se soubermos identificar os fatores de risco e preveni-los. Infelizmente, algumas patologias (ou doenças) relacionadas com a dor de coluna não podem ser prevenidas. Veja mais informação em prevenção da dor na coluna.

O processo natural de envelhecimento é uma inevitabilidade e muito associado à dor de costas, sendo um importante fator de risco em algumas patologias. O excesso de peso (obesidade), muitas vezes associado a maus hábitos alimentares provoca uma maior pressão sobe a coluna.

O sedentarismo e ausência de exercício físico, não só podem agravar o problema do excesso de peso, como não permitem ter músculos que permitam sustentar a coluna de uma forma adequada, podendo desencadear crises. As posturas incorretas, seja de pé sentado ou deitado, são também um dos fatores que podem desencadear o problema. Uma postura correta é determinante para prevenir a dor nas costas. O tabagismo (fumar) também aumenta o risco de vir a padecer de dor nas costas. Veja mais informação em prevenção.

Contraturas musculares

As contraturas musculares são uma importante causa para o surgimento de dor nas costas, mais frequentemente, na região lombar. Muitas vezes, a dor aguda pode surgir com a realização de algum movimento como pegar num dado objeto, popularmente apelidadas de dar um “mau jeito nas costas”. A dor nas costas ao levantar da cama (ao acordar), pode também estar relacionado com más posições para dormir ou o colchão não ser adequado. A dor crónica, no entanto, na maioria dos casos, está relacionada com as alterações que ocorrem na coluna ao longo do tempo (com o envelhecimento). Este processo degenerativo inicia-se muito cedo, antes dos 30 anos de idade, e torna a coluna mais suscetível à dor.

Algumas lesões ou degenerescência dos discos intervertebrais são também uma das causas para a dor.

Artrose na coluna (espondilose)

A artrose na coluna (espondilose) é uma alteração degenerativa da coluna vertebral. Na espondilose, sintomas como dor na coluna, desconforto ou tensão nas costas ou pescoço ocorrem frequentemente. A intensidade da dor na coluna pode variar ao longo do dia, modificar com a posição, as atividade e os movimentos, no entanto, na maioria das pessoas não é de tal forma intensa que se torne incapacitante. A dor pode ser limitada à coluna ou, então, irradiar, de forma diferente conforme os segmentos da coluna afetados, por norma, para a cabeça (na espondilose cervical), para a região do tórax (na espondilose dorsal), para as nádegas e virilhas (na espondilose lombar e lombossagrada).

Saiba, aqui, tudo sobre espondilose (artrose da coluna).

Hérnias discais

A hérnia discal (ou hérnia de disco) para além de provocar dor, pode também desencadear alterações neurológicas. Os sintomas são provocados pela compressão e inflamação dos nervos ou da medula e variam bastante de acordo com a localização da hérnia.

Na hérnia discal cervical – pode ocorrer dor cervical (cervicalgia) ou dor irradiada ao longo do braço, por vezes, até à mão (braquialgia; cervicobraquialgia), espasmos e dores nos músculos do pescoço, dor no ombro e braço, descrita pelos doentes como “ardimento (ardência) ou queimação”, dor de costas como uma “pontada ou fisgada”. Para além destes sintomas é também possível a ocorrência de dor de cabeça (cefaleias), formigueiros, adormecimento, alterações na sensibilidade e fraqueza muscular do membro afetado.

Na hérnia discal lombar, o sintoma mais frequente é a ciatalgia ou dor ciática (dor aguda que irradia para a face lateral ou posterior de uma perna até ao pé / tornozelo). Para além da dor ciática, também pode verificar-se formigueiros, adormecimento, alterações na sensibilidade e fraqueza muscular do membro afetado. Mais raro é a dor irradiar pela face anterior da coxa, geralmente, sem ultrapassar o joelho (cruralgia), nos casos em que estão envolvidas outras raízes nervosas lombares.

Saiba, aqui, tudo sobre hérnia discal (ou hérnia de disco).

(Video) Devo Ficar de Cama se Tiver Dor Lombar?

Espondilolistese

Os deslizamentos vertebrais (espondilolistese) correspondem ao deslizamento de uma vértebra sobre outra e são também umas das possíveis causas para a dor na coluna. Os deslizamentos vertebrais apesar de não serem muito frequentes, atingem cerca de 5% das pessoas.

Para além da dor, podem estar presentes outros sinais e sintomas, que apresentam algumas semelhanças com os anteriormente descritos relativamente à hérnia discal, por irritação das raízes nervosas.

Canal estreito (estenose vertebral)

A estenose vertebral (aperto na coluna) é também causa frequente de dor na coluna, fundamentalmente, na população mais idosa. Para além da dor na coluna, pode também ocorrer dormência, formigueiros, perda de força nos membros, perdas de equilíbrio, disfunções viscerais e dos esfíncteres, entre outros.

Desvios na coluna

Os desvios da coluna vertebral (cifose, lordose e escoliose) podem também ser uma das causas para a sintomatologia. Os desvios em idade infantil (na criança), no adolescente e nos jovens, por norma, não provocam dores, exceto em alguns casos onde se verifiquem desvios mais acentuados, ou outras desordens. No entanto, no adulto pode associar-se à artrose (espondilose) e a instabilidade da coluna vertebral, provocando o aparecimento de queixas.

Outras causas para dor nas costas

Para além das patologias da coluna atrás enunciadas que estão entre as mais frequentes causas de dor, muitas outras patologias da coluna vertebral podem estar relacionadas com a sintomatologia.

No entanto, a dor nas costas pode também ser devida a muitas outras patologias (ou doenças) que não estejam diretamente relacionadas com a coluna vertebral. De seguida, descrevemos algumas dessas patologias.

O cálculo renal(ou pedra nos rins) é uma das doenças mais frequentes do trato urinário, sendo mais frequente nos homens entre os 30 e os 50 anos de idade. Nos países desenvolvidos, pode atingir cerca de 20% da população. Os sinais e sintomas, habitualmente presentes são: desconforto ou dor lombar, por norma unilateral (de um só lado (rim), pode verificar-se sangue na urina (hematúria), infeções urinárias recorrentes (ou de repetição), entre outros sinais e sintomas.

Saiba, aqui, tudo sobre cálculo renal (pedra nos rins).

A litíase biliar, cálculos na vesícula, popularmente conhecida como “pedra na vesícula” pode originar alguns sintomas importantes, a saber: dor na vesícula, às vezes, confundida com dor de estômago, cuja duração pode variar entre minutos a várias horas e que é caracterizada do seguinte modo: dor intensa no lado direito do abdómen ou na parte central do abdómen, abaixo do esterno; dor nas costas do lado direito, entre as omoplatas ou perto do ombro direito; náuseas (enjoo) e vómitos, que agudizam quando se comem alguns tipos de alimentos. Sinais e sintomas de alarme são dor tão forte que não deixa o doente permanecer quieto, surgimento de uma cor amarela ou amarelada nos olhos ou pele (icterícia), presença de urina escura ou fezes claras, febre alta e arrepios. Nesta situação deve procurar um serviço de urgência de imediato.

Saiba, aqui, tudo sobre litíase biliar (pedra na vesícula).

A acumulação de gases, gastrites, intolerância à lactose, doença celíaca, síndrome do intestino irritável, obstipação (intestino preso), entre outras, apresentam sintomas de distensão muscular, provocando uma sensação de barriga inchada, ao mesmo tempo que pode ocorrer dor abdominal (cólicas abdominais ou dor de barriga), que pode ir de moderada a severa e que em alguns casos pode irradiar para as costas ou a dor ser muito difusa, apesar de tipicamente apresentarem sintomatologia bastante característica.

Saiba, aqui, tudo sobre doenças do aparelho digestivo.

Algumas patologias pulmonares (dos pulmões) podem também desencadear dor nas costas, entre outros sinais e sintomas. A pneumonia é uma infeção no pulmão, cujos principais sintomas podem incluir: febre, expetoração, falta de ar ou dificuldade em respirar, desconforto no peito ou dor do tipo “pontada” e “dor nas costas”. Para além da pneumonia, muitas outras doenças pulmonares podem desencadear dor.

Saiba, aqui, tudo sobre pneumonia.

(Video) Dor no Meio das Costas, Preciso Fazer Ressonância da Coluna?

O aneurisma da aorta é uma patologia grave e que pode também causar dor nas costas. Um aneurisma é a dilatação de um vaso sanguíneo (de uma artéria ou veia). O aneurisma da aorta abdominal é o aneurisma mais comum. A rotura do aneurisma é uma das principais e perigosas complicações, que pode matar em pouco tempo se não diagnosticada e tratada adequadamente. Uma dor forte nas costas ou no abdómen (na barriga), frequentemente associado a uma baixa pressão arterial (hipotensão) e perda súbita da consciência pode ser um indicador de rotura do aneurisma, devendo o doente dirigir-se imediatamente a um serviço de urgência.

Saiba, aqui, tudo sobre o aneurisma da aorta abdominal

Alguns tipos de tumores podem também desencadear dores de costas. O cancro do pâncreas e o mieloma múltiplo, apesar de pouco frequentes, são dois exemplos de doenças oncológicas que podem provocar os sintomas.

Nas mulheres algumas causas de origem ginecológica, como por exemplo a doença inflamatória pélvica e a endometriose, podem também afetar alguns órgãos do aparelho reprodutor feminino (ovários, útero, trompas, etc.) e provocar dores nas costas, entre outros sinais e sintomas.

Saiba aqui, tudo sobre endometriose.

A dor nas costas, antes ou durante a menstruação, ocorre em mulheres jovens, sem filhos, com menstruação abundante, fumadoras, com um índice de massa corporal abaixo de 20Kg/m2 e com ciclos longos e/ou irregulares de uma forma mais frequente, apesar de poder atingir as mulheres sem qualquer um dos fatores de risco atrás enunciados.Dismenorreia é o termo clínico para nos referimos à menstruação dolorosa, dores menstruais ou cólicas menstruais, atingindo não apenas as costas mas toda a região abdominal (mais frequente).

Saiba, aqui, tudo sobre dores menstruais (dismenorreia).

A dor nas costas na gravidez é também bastante frequente, afetando mais de metade das grávidas, devido ao aumento de peso e às alterações hormonais envolvidas na gestação. Por norma, este problema resolve-se de forma espontânea após o parto.

Conheça, aqui, os principais sintomas da gravidez.

Para além das causas atrás apresentadas que estão entre as mais frequentes, muitas outras patologias podem ser a causa para a dor nas costas. Para além da coluna vertebral, muitas patologias podem desencadear a sintomatologia, como as doenças do estômago, pâncreas, fígado, esófago, intestinos, coração, rins, vesícula biliar, entre muitas outras.

Como vimos, a larga maioria dos casos pode ser perfeitamente benigna, mas outros há que são extremamente graves e que podem colocar a sua vida em risco e num curto espaço de tempo. Neste sentido, é muito importante que o doente nunca se automedique ou desvalorize os sintomas, consultando um médico de modo a permitir diagnosticar e tratar a patologia responsável pela dor de costas, conforme veremos de seguida.

Diagnóstico na dor de costas

O diagnóstico da patologia (ou doença) subjacente à dor na coluna é feito pelo médico, levando em consideração a história clínica, o exame objetivo, podendo recorrer, se necessário, a alguns exames ou análises, a saber:

  • Raio X (radiografia) da coluna;
  • Ressonância magnética (RMN) da coluna;
  • Tomografia computorizada (TC ou TAC) da coluna;
  • Densitometria óssea (DEXA);
  • Endoscopia digestiva alta;
  • Cintigrafia óssea;
  • Eletromiografia;
  • Análises de sangue, urina, …
  • Etc.

O diagnóstico é feito pelo médico ortopedista (especialista em ortopedia), sendo que, muitas vezes, não é estrita a realização de exames complementares. Na dor aguda não são geralmente necessários exames adicionais. Em caso de traumatismo (quedas, acidentes, etc.), presença de febre, emagrecimento (perda de peso) ou se a dor nas costas persiste (uma dor que não passa) ao fim de algum tempo, deveremos avançar com exames auxiliares de diagnóstico.

Como vimos, a dor nas costas pode ser provocada por inúmeras patologias, algumas delas fora do âmbito da ortopedia. Nesses casos, o médico ortopedista pode solicitar a colaboração de outra especialidade médica ou cirúrgica (cirurgia geral, urologia, ginecologia, pneumologia, etc).

(Video) Exercícios para dores nas costas - fortaleça sua coluna

Se procura um médico ortopedista em Portugal, selecione o seu concelho.

Dor nas costas, Dor na coluna (2)

Tratamento da dor na coluna

O tratamento da dor nas costas depende da causa subjacente. Ou seja, após diagnóstico, o médico deve definir um plano de tratamento de acordo com a patologia responsável pela dor. O doente nunca se deve automedicar ou tentar qualquer tipo de tratamento alternativo sem aconselhamento médico, sob pena de poder agravar o problema e até existir risco de morte em alguns casos. Como vimos, existem algumas patologias que são potencialmente perigosas se não forem diagnosticadas e tratadas de forma correta e atempada.

Os tratamentos que permitem o alívio sintomático (que permitem abrandar ou acabar com a dor) são eleitos como primeira escolha (tratamento conservador). Em algumas patologias, como por exemplo na hérnia discal, espondilose, etc., estão indicados outros tratamentos, nomeadamente o tratamento cirúrgico (cirurgia ou operação), na falência dos tratamentos conservadores. Veja mais informação sobre tratamento em cada uma das patologias.

Nas diversas causas ortopédicas de dor na coluna, deve ser realizado inicialmente tratamento para alívio da dor, sendo efetuado, habitualmente, conforme se descreve:

  • Prescrição de medicamentos (ou remédio) anti-inflamatórios, analgésicos e relaxantes musculares que permitem aliviar a dor e realizar depois uma melhor reabilitação. Pode tomar esta medicação sob a forma de comprimidos, aplica-la sob a forma de pomada ou de pensos transdérmicos impregnados em anti-inflamatórios de libertação lenta. Nos casos mais graves, o médico poderá receitar esta medicação sob a forma injetável (injecção), que permite atuar de uma forma mais rápida, reduzindo eficazmente mesmo a dor forte. Se sentir um alívio rápido das queixas, não deve interromper o tratamento medicamentoso, mas deve terminar de tomar a medicação de acordo com a prescrição médica.
  • Em casa, como tratamento caseiro poderá na fase aguda aplicar gelo (frio) durante cerca de 15 minutos, 3 a 4 vezes ao dia. Nunca deve aplicar a bolsa de gelo diretamente sob a pele (use algo em pano, por exemplo). Após a fase aguda, a aplicação de calor é muito importante para que os músculos possam relaxar. Pode fazer a aplicação de compressas de água quente (calor) nas zonas mais dolorosas ou, então, tomar um banho de imersão em água quente;
  • Realizar repouso pode ser crucial e necessário para realizarmos um bom trabalho de recuperação. O doente deve tentar descansar e relaxar ao máximo, o que nem sempre é possível, fundamentalmente nos casos em que existe muita dor e que continua mesmo na posição deitado. Na cama, o doente deve procurar a melhor posição para dormir, que é por norma em flexão dos joelhos (joelhos dobrados), no entanto, depende imenso da patologia subjacente.
  • A cessação de atividade desportiva, caso exista, deve também ser uma medida a adoptar. No entanto, o repouso deve ser temporário, preferindo que seja feita uma recuperação ativa. Veja informação em medidas preventivas.
  • A fisioterapia, incluindo aplicação de calor, gelo, massagem, aplicação de ultrassons ou electroestimulação são também medidas que podem ser usadas para melhorar a dor nas costas na fase aguda, bem como para prevenir futuros episódios.
  • Os coletes ou ortóteses podem ser bastante úteis em algumas situações e em algum tipo de doentes. No entanto, o seu uso é desaconselhado de forma sistemática dado o descondicionamento muscular inerente.

Alguns doentes podem ter indicação para algumas intervenções minimamente invasivas como infiltrações articulares, bloqueios nervosos ou radiofrequência.

Em alguns casos a cirurgia (ou operação) pode ser necessária para resolver de forma definitiva o problema. Veja mais informação em cada uma das causas para a dor na coluna.

Nunca é de mais referir que a dor na coluna é um sintoma que pode ter inúmeras origens, algumas delas potencialmente graves, apesar de na maioria das vezes se tratarem de situações benignas e auto-limitadas. Neste sentido, é muito importante que o diagnóstico seja feito de forma correta e atempada pelo médico.

Como prevenir a dor nas costas?

Nem sempre a dor na coluna pode ser prevenida, no entanto, existe um conjunto de medidas que se adoptado, no seu dia a dia, permitem evitar ou diminuir substancialmente o risco para o seu surgimento. Entre essas medidas, destacamos:

  • Realizar uma alimentação equilibrada e variada. Uma dieta adequada é muito importante para um organismo saudável e para controlar o excesso de peso (obesidade). Saiba, aqui, tudo sobre emagrecimento saudável.
  • Manter uma postura correta, seja em pé, quando permanece sentado ou deitado, ou quando levanta objetos mais pesados;
  • O reforço muscular ativo e o treino cardiovascular, através de exercícios são igualmente importantes para uma melhor recuperação e permitir a prevenção de futuros episódios. Pratique exercício, combinando treino cardiovascular (fazer caminhadas, andar de bicicleta, etc.), permitindo um reforço da musculatura postural e alongamentos (Pilates, Yoga, core strengthening);
  • No seu local de trabalho evite ficar muito tempo sentado ou em pé na mesma posição. Deve de hora a hora realizar pequenos exercícios de mobilização e relaxamento muscular. Mudar de posição, relaxar, realizar pequenos exercícios de ginástica que lhe permitam sair das posições de rotina, são muito importantes para prevenir futuros episódios;
  • Não fume. O tabaco é, como todos sabemos, muito prejudicial à sua saúde. Saiba, aqui, tudo sobre cessação tabágica.
  • Deve dormir numa posição confortável (de lado ou barriga para cima) e deve ter especial cuidado com a escolha de um bom colchão e almofada.

Veja mais informação sobre medidas preventivas em cada uma das causas relacionadas com a dor de costas.

(Video) Exercícios para dores nas costas - alongamentos

FAQs

O que pode ser dor nas costas na coluna? ›

Algumas condições médicas podem causar dor nas costas, como: Doenças neurológicas como a hérnia de disco. Doenças ortopédicas como as artroses e o Câncer da coluna; Doenças reumatológicas como artrites e sacroileites.

Como diferenciar dor nas costas e dor na coluna? ›

Dores na coluna podem acontecer após tensões e lesões musculares, ocasionada, por exemplo, por trabalhos repetitivos, que exigem esforço físico intenso. Dores nas costas sinalizam, muitas vezes, uma sobrecarga que compromete a região.

Como é a dor de coluna inflamada? ›

É quando uma pessoa tem dor na região lombar, ou seja, na região mais baixa da coluna perto da bacia. É também conhecida como “lumbago”, “dor nas costas”, “dor nos rins” ou “dor nos quartos”.

O que provoca dor na coluna? ›

A dor na coluna é muito comum e geralmente melhora em algumas semanas ou meses. Este tipo de dor pode estar associada a diferentes causas como má postura, esforços repetitivos e também problemas mais sérios como hérnia de disco, fraturas ou tumores. O tipo de dor nas costas também varia de acordo com a região afetada.

Quando a dor nas costas pode ser preocupante? ›

Quando a dor nas costas limita as atividades do dia a dia ou quando dura mais de 6 semanas para desaparecer, é recomendado consultar um ortopedista para que sejam feitos exames de imagem, como raio-X ou tomografia computadorizada, para que seja identificada a causa da dor nas costas e iniciado o tratamento mais ...

Quais são as doenças que causam dor nas costas? ›

O que causa dor nas costas?
  1. Lesões nas articulações. ...
  2. Cálculo renal. ...
  3. Hérnia de disco. ...
  4. Contratura muscular. ...
  5. Infecção urinária. ...
  6. Dor ciática. ...
  7. Doenças respiratórias. ...
  8. Doenças do coração.
27 May 2020

O que é bom para aliviar a dor na coluna? ›

Algumas opções de tratamentos para aliviar a dor na coluna podem ser:
  1. Colocar uma compressa morna. ...
  2. Usar remédios. ...
  3. Fazer fisioterapia. ...
  4. Alongar os músculos. ...
  5. Recorrer à acupuntura.

Como aliviar a dor nas costas em 5 minutos? ›

Ter uma compressa de gel que pode ser aquecida no micro-ondas ajuda quem sofre com dor nas costas e nos ombros porque passa muito tempo sentado no computador ou fica de pé, parado na mesma posição, por muito tempo. Também é possível fazer uma compressa caseira colocando um pouco de arroz dentro de uma meia.

Qual o melhor remédio para inflamação na coluna? ›

Remédio para coluna inflamada – Analgésicos

Para dores nas costas mais leves, analgésicos como Dipirona e Paracetamol podem ser prescritos.

Que tipo de câncer da dor nas costas? ›

Uma dor nas costas pode estar associada ao câncer de pâncreas, geralmente na região lombar, mas ninguém imagina a relação.

Qual o remédio caseiro que é bom para dor nas costas? ›

Remédios caseiros para dores nas costas
  • Compressas quentes. Calor é benéfico para as costas. ...
  • Banhos quentes. ...
  • Suplementação de minerais. ...
  • Massagem com erva cidreira. ...
  • Massagem com erva de-são-joão. ...
  • Compressa de trigo. ...
  • Exercícios. ...
  • Ajuda com travesseiro.
5 Jun 2018

Qual a melhor posição para dormir com dor na coluna? ›

Na hora de dormir, para aliviar a dor nas costas, a pessoa pode deitar de lado ou de barriga para cima, com a cabeça bem apoiada num travesseiro não muito fofo. O ideal é colocar outro travesseiro debaixo dos joelhos, caso a pessoa esteja de barriga para cima, ou entre os joelhos, caso durma deitada de lado.

Qual é a dor da hérnia de disco? ›

Uma hérnia de disco pode causar dores no pescoço, dor irradiante nos braços, dores nos ombros e dormência ou formigamento nos braços ou mãos. A qualidade e tipo de dor pode ser enfadonho, contínua e difícil de localizar. Ela também pode ser aguda, com ardência e de fácil identificação.

Qual a pior dor na coluna? ›

1 - Dor na lombar (LOMBALGIA)

E o pior: ela tende a aumentar justamente porque passamos grande parte do tempo sentadas com posturas inadequadas.

Quais os sintomas de uma crise de coluna? ›

Cada parte da coluna pode ser afetada pela inflamação, desde a inflamação da parte inferior das costas até a inflamação das vértebras. Lesões agudas na coluna, incluindo ossos, discos, ligamentos e articulações, podem apresentar inchaço e acúmulo de líquido que pode ser detectado em uma ressonância magnética.

Qual o melhor exame para detectar problemas na coluna? ›

A RNM é o melhor exame para visualizar hérnias de disco, bem como a medula e os nervos. O contraste a base de gadolínio causa menos reação alérgica se comparado ao contraste a base de iodo usado na tomografia. RNM é muito útil na avaliação de traumas na coluna.

Onde se localiza a hérnia de disco? ›

A localização mais comum da hérnia de disco lombar é no disco que fica entre a quarta e quinta vértebra lombar (L4/L5) e no disco que fica entre a quinta vértebra e o sacro (L5/S1).

Qual o melhor relaxante muscular para coluna? ›

Relaxantes musculares

Os relaxantes musculares, como a ciclobenzaprina (Miosan, Mirtax ou Musculare), podem ser indicados pelo médico, pois agem bloqueando os impulsos nervosos ou as sensações de dor que são enviadas ao cérebro que causam contrações, espasmos ou dor muscular.

Como saber se estou com dor no rim ou na coluna? ›

A dor que tem origem nos rins é mais aguda, forte, constante e aparece repentinamente, principalmente quando se trata de pedra nos rins. Já a dor nas costas pode variar de leve a grave, sendo caracterizada por pontadas, sensação de queimação ou perfuração.

Como saber se estou com dor nas costas ou no pulmão? ›

Essa dor é diferente da dor muscular porque, ao contrário dela, que geralmente piora quando se aperta com a mão, dorme de mau jeito ou faz um movimento na coluna, aumenta com a pressão e expansão da pleura quando se respira fundo, espirra ou tosse.

Como é a dor nas costas de um infarto? ›

Além da terrível sensação de que algo aperta o coração, a pessoa pode sentir dores e desconforto em toda a região torácica, assim como falta de ar, fadiga, azia, suor excessivo, dor nas costas e no pescoço. “Isso acontece porque os órgãos e tecidos do corpo são interligados e interdependentes.

Onde fica a região lombar da coluna? ›

A região lombar fica na parte posterior do corpo, abaixo das costelas e acima da bacia. Ela é composta por ossos, músculos, articulações, nervos, ligamentos, entre outros. Também estão próximos da coluna importantes órgãos, como os rins.

Pode tomar dorflex para dor na coluna? ›

Alívio das diferentes dores musculares

Dor no pescoço ou na nuca (cervicalgia): Dor localizada na região do pescoço que pode ser de origem muscular ou causada por problemas na coluna.

Como é o nome da injeção para dor na coluna? ›

Injeção Epidural: de efeito rápido, essa infiltração adormece as raízes de alguns nervos específicos da coluna vertebral. A infiltração epidural de corticóides é usada para muitos tipos de dor lombar e dor na perna causadas pela inflamação do nervo ciático ou hérnia de disco.

Como colocar a coluna no lugar em 2 minutos? ›

Deite-se no chão, virado pra cima, encostando totalmente as suas costas e então dobre os joelhos. Estique seu braço ao lado do corpo com a palma da mão virada pra cima. Respire profundamente e note como isso afeta as curvas da sua coluna que estão em contato com o chão.

Como sair da crise de coluna lombar? ›

Como aliviar a dor lombar
  1. Repousar em posição confortável e com a coluna alinhada;
  2. Usar compressa quente ou deixar água quente correr no local da dor enquanto toma banho;
  3. Experimentar sessões de massagem e quiropraxia;
  4. Fazer alongamento para as costas pode aliviar as dores e a tensão muscular;
7 Feb 2020

Porque a ansiedade causa dor nas costas? ›

Qualquer músculo ou grupo de músculos é suscetível à ansiedade e o estresse causa tensão e dor. Uma vez que os músculos estão tensos, eles podem ter espasmos e "travar", o que pode causar ainda mais dor e imobilidade, como a comumente associada à dor crônica nas costas.

Qual é qual é o melhor relaxante muscular? ›

Miosan, Dorflex ou Mioflex são alguns remédios que contêm relaxante muscular e que podem ser usados em situações de tensão e dor muscular e nos casos de contraturas musculares ou torcicolos.

Quando devo tomar Torsilax? ›

Como devo usar o Torsilax? Como regra geral, a dose mínima diária recomendada é de um comprimido a cada 12 horas, respeitando-se o máximo de um comprimido tomado a cada 8 horas, portanto, três doses diárias.

Quais são os nomes dos remédios para coluna? ›

Remédios
  • Advil (5)
  • Bayer (4)
  • Biosintética (1)
  • Dorflex (1)
  • EMS (4)
  • Gelol (3)
  • Germed (1)
  • Hisamitsu (1)

Quando a dor é preocupante? ›

É importante buscar assistência médica imediata em casos de dor de cabeça forte, que surge de repente ou persiste por dias, que não cede com o uso de analgésicos comuns e está associada a sintomas como confusão mental, sonolência, febre alta, desmaios, convulsões, rigidez da nuca, vômitos ou alterações motoras.

Quando a dor na coluna não passa? ›

Uma lombalgia crônica dura em média três meses e não passa apenas com analgésico ou relaxante. Embora a intensidade da dor possa ser semelhante a um problema muscular, somam-se a ela outros sintomas, como febre, emagrecimento, dormência ou fenômenos de paralisia e irradiação da dor para uma ou às duas pernas.

Quais são os primeiros sintomas do câncer? ›

Os sinais de alerta de um possível câncer incluem os seguintes:
  • Perda de peso inexplicável.
  • Cansaço.
  • Suores noturnos.
  • Perda de apetite.
  • Dor nova e persistente.
  • Enjoos e vômitos frequentes.
  • Sangue na urina.
  • Sangue nas fezes (visível ou detectável através de testes específicos)

Pode tomar ibuprofeno para dor nas costas? ›

O ibuprofeno pode ser usado para alívio inicial da dor na coluna e do nervo ciático por melhorar a dor e a inflamação que geralmente podem ocorrer de forma local ou que podem irradiar para outras regiões como braços, pescoço ou pernas.

Pode tomar nimesulida para dor nas costas? ›

Nimesulida serve pra dor na coluna? Sim, principalmente nos casos de dor aguda. Pois é um anti-inflamatório não esteróide e já de uso consagrado desde 1985.

Qual o melhor antiinflamatório para coluna cervical? ›

Que remédios podem ser usados

No entanto, quando é necessário tomar medicamentos, geralmente o médico indica: Analgésicos, como o Paracetamol; Anti-inflamatórios, como o Diclofenaco ou o Ibuprofeno; Relaxantes musculares, como Ciclobenzaprina ou Citrato de Orfenadrina.

Quando a lombar está inflamada? ›

A lombalgia aguda acontece por lesão repentina (como um estiramento muscular, por exemplo), sendo geralmente uma dor intensa que aparece após um esforço físico ou um movimento inadequado. Felizmente, a lombalgia, na maioria dos casos, costuma ir embora sozinha dentro duas a quatro semanas.

É normal acordar com dor nas costas? ›

A dor nas costas ao acordar é bastante comum, dado que passamos até um terço da vida dormindo. E nem sempre adotamos posições adequadas durante o sono ou ainda, vamos dormir em um colchão adequado. Dentre as áreas das costas mais comuns a sofrerem com dor, a região lombar é a mais afetada, seguida da região cervical.

Quando a hérnia de disco é grave? ›

Hérnia de disco extrusa

Este caso é grave, pois o núcleo do disco já se encontra deformado, fragmentado ao ponto do núcleo pulposo perder completamente seu formato original e ficar parecendo uma “gota”.

Qual a diferença entre nervo ciático e hérnia de disco? ›

Sintomas. O quadro clínico típico de uma hérnia de disco caracteriza-se pela dor nas costas (lombalgia), associada ou não à ciatalgia (dor irradiada no trajeto do nervo ciático). A dor ciática ocorre quando o disco herniado comprime mecanicamente uma raiz nervosa.

Como identificar uma hérnia? ›

Em geral, a hérnia pode manifestar-se sem causar nenhum sintoma, dificultando o diagnóstico, mas dentre os principais sintomas da hérnia estão: Dores intensas, intermitentes ou contínuas; Protuberância na região abdominal; Vermelhidão no local.

Qual a melhor posição para dormir quando se tem hérnia de disco? ›

De lado: Essa é uma das melhores posições para dormir, de acordo com os especialistas. A posição permite que sua coluna fique alinhada e também favorece a circulação e uma respiração tranquila. O travesseiro, nesses casos, deve ter a mesma altura que o ombro para garantir que a coluna fique alinhada.

Como é a dor de coluna inflamada? ›

É quando uma pessoa tem dor na região lombar, ou seja, na região mais baixa da coluna perto da bacia. É também conhecida como “lumbago”, “dor nas costas”, “dor nos rins” ou “dor nos quartos”.

Quando a dor nas costas pode ser preocupante? ›

Dor no meio do tórax e nas costas

Esse tipo de dor nas costas pode indicar complicações no esôfago, coração, aorta, coluna ou apenas ser uma dor muscular. Caso o paciente tenha dores frequentes acompanhadas por outros sintomas, recomenda-se realizar exames para investigar possíveis sinais de riscos.

O que provoca dor na coluna? ›

A dor na coluna é muito comum e geralmente melhora em algumas semanas ou meses. Este tipo de dor pode estar associada a diferentes causas como má postura, esforços repetitivos e também problemas mais sérios como hérnia de disco, fraturas ou tumores. O tipo de dor nas costas também varia de acordo com a região afetada.

O que é bom para desinflamar a coluna? ›

O tratamento caseiro para dor nas costas envolvem repouso por cerca de 3 dias, uso de compressas quentes e exercícios de alongamento, pois assim é possível promover a diminuição da inflamação na coluna e, assim, aliviar a dor.

Quanto tempo pode durar uma inflamação na coluna? ›

A lombalgia aguda dura entre alguns dias, até seis semanas – e, neste caso, a dor se trata de um quadro passageiro, geralmente provocado por esforço físico ou má postura. Já no caso de lombalgia crônica, a dor nas costas costuma durar cerca de doze semanas, ou mais e pode estar relacionada à inflamação de um nervo.

Qual o preço de uma ressonância magnética da coluna? ›

O preço de uma ressonância da coluna pode variar entre R$ 800,00 e R$1500,00, dependendo do tempo de duração e da área a ser visualizada e avaliada. Depende também da clínica onde será realizada.

Qual o valor de uma tomografia da coluna? ›

De acordo com os centros de diagnósticos cadastrados na plataforma de agendamento online de exames Lab, uma tomografia da coluna custa a partir de R$ 200 e pode chegar a até R$ 2.000, dependendo de fatores como a cidade, a necessidade ou não de administração do contraste e a estrutura da clínica escolhida.

Quando é necessário fazer uma tomografia? ›

A tomografia é muito útil no diagnóstico de doenças, como: acidentes vasculares cerebrais (AVC), embolia pulmonar, pneumonia, aneurismas, edema cerebral, derrame pleural, fraturas, hemorragias e entre outros.

Como é a dor de uma hérnia de disco? ›

Uma hérnia de disco pode causar dores no pescoço, dor irradiante nos braços, dores nos ombros e dormência ou formigamento nos braços ou mãos. A qualidade e tipo de dor pode ser enfadonho, contínua e difícil de localizar. Ela também pode ser aguda, com ardência e de fácil identificação.

Qual o remédio caseiro que é bom para dor nas costas? ›

Remédios caseiros para dores nas costas
  • Compressas quentes. Calor é benéfico para as costas. ...
  • Banhos quentes. ...
  • Suplementação de minerais. ...
  • Massagem com erva cidreira. ...
  • Massagem com erva de-são-joão. ...
  • Compressa de trigo. ...
  • Exercícios. ...
  • Ajuda com travesseiro.
5 Jun 2018

Qual o remédio mais forte para dor na coluna? ›

Os derivados de opioides também fazem parte de remédio para coluna inflamada, porém, são recomendados em casos de dores mais fortes. Alguns deles são: Tramadol, Codeína e Bopremorfina. Agora, em dores nas costas muito intensas, o ortopedista especialista em coluna pode optar por remédios como a Morfina e a Oxicodona.

Quais os primeiros sintomas de problemas nos rins? ›

Sinais e sintomas de insuficiência renal aguda podem incluir:
  • Diminuição da produção de urina, embora, ocasionalmente, a urina permaneça normal.
  • Retenção de líquidos, causando inchaço nas pernas, tornozelos ou pés.
  • Sonolência.
  • Falta de fome.
  • Falta de ar.
  • Fadiga.
  • Confusão.
  • Náusea e vômitos.

Como saber se a dor nas costas e coluna ou dor muscular? ›

Dores na coluna podem acontecer após tensões e lesões musculares, ocasionada, por exemplo, por trabalhos repetitivos, que exigem esforço físico intenso. Dores nas costas sinalizam, muitas vezes, uma sobrecarga que compromete a região.

Como aliviar a dor nas costas em 5 minutos? ›

Ter uma compressa de gel que pode ser aquecida no micro-ondas ajuda quem sofre com dor nas costas e nos ombros porque passa muito tempo sentado no computador ou fica de pé, parado na mesma posição, por muito tempo. Também é possível fazer uma compressa caseira colocando um pouco de arroz dentro de uma meia.

Como é a dor de câncer nas costas? ›

Sintomas mais comuns de tumor maligno na coluna:
  • Dor local;
  • Sintomas radiculares (dor que irradia para braços ou pernas);
  • Alterações neurológicas (formigamento, alteração sensitiva ou fraqueza muscular);
  • Perda de controle da micção (urina) ou evacuação (fezes);
  • Instabilidade mecânica da coluna e dor nas costas;
14 May 2020

Qual a melhor posição para dormir quando está com dor nas costas? ›

Se você já sofre com dores nas costas, dormir de barriga para baixo, por exemplo, pode agravar o incômodo. “O ideal é dormir de lado com o travesseiro apoiado na cabeça de modo que quem observa a pessoa deitada vê a cabeça alinhada com o resto da coluna. Não pode ser muito alto e nem muito baixo.

Quais os 6 sinais de um ataque cardíaco? ›

Principais sintomas de infarto
  • Dor torácica. A dor torácica é um dos primeiros e mais comuns sinais de infarto — especialmente para os homens. ...
  • Falta de ar. A falta de ar e a dificuldade em respirar podem indicar um problema no pulmão, como a asma. ...
  • Tontura. ...
  • Fadiga. ...
  • Náusea, falta de apetite e indigestão. ...
  • Suor frio.

Quem tem hérnia de disco na coluna é perigoso? ›

Conclusão. Na maioria dos casos, a hérnia de disco não é uma doença grave. Procure manter sempre uma boa postura e hábitos saudáveis para evitar os riscos de desenvolver uma. Caso identifique os sintomas, procure o quanto antes ajuda profissional e invista em um bom tratamento para ficar longe das dores.

O que pode ser uma dor muito forte na lombar? ›

As causas comuns incluem levantamento de peso de maneira inadequada, falta de exercícios físicos regulares, obesidade, doenças reumáticas, envelhecimento e até fatores emocionais podem estar relacionados. Além desses, a postura viciosa e esforço físico são sem dúvida os principais fatores de risco.

Qual a diferença entre coluna lombar e lombo sacra? ›

A área lombar consiste em 5 vértebras na região lombar (parte baixa da coluna). O sacro possui 5 pequenas vértebras fundidas (um pouco acima do cóccix).

Como saber se estou com dor na coluna ou nos rins? ›

A dor que tem origem nos rins é mais aguda, forte, constante e aparece repentinamente, principalmente quando se trata de pedra nos rins. Já a dor nas costas pode variar de leve a grave, sendo caracterizada por pontadas, sensação de queimação ou perfuração.

Que tipo de câncer da dor nas costas? ›

Uma dor nas costas pode estar associada ao câncer de pâncreas, geralmente na região lombar, mas ninguém imagina a relação.

Como é a dor de uma hérnia de disco? ›

Uma hérnia de disco pode causar dores no pescoço, dor irradiante nos braços, dores nos ombros e dormência ou formigamento nos braços ou mãos. A qualidade e tipo de dor pode ser enfadonho, contínua e difícil de localizar. Ela também pode ser aguda, com ardência e de fácil identificação.

Quais os sinais que os rins não estão funcionando bem? ›

Os sinais e sintomas mais conhecidos são: hipertensão arterial, urina com espuma ou sangue (a espuma pode indicar a presença de proteínas), edemas, anemia, palidez, cansaço, dor no peito e sonolência. As doenças renais só podem ser diagnosticadas com precisão real com exames de sangue e urina.

Onde é a dor nos rins? ›

A dor no rim costuma surgir na região acima da púbis ou no flanco (próximo da cintura). Cólicas que irradiam do flanco para a bexiga podem sugerir obstrução da uretra e, consequentemente, a presença de cálculo renal.1 2.

Como é uma hérnia de disco na coluna? ›

A hérnia de disco lombar acontece quando os discos entre as vértebras da coluna, que funcionam como amortecedores, são pressionados e mudam de forma ou se rompem, o que pode pressionar as raízes dos nervos próximos ao disco vertebral, causando sintomas como dor, formigamento ou dormência das pernas.

Qual o melhor exame para detectar problemas na coluna? ›

A RNM é o melhor exame para visualizar hérnias de disco, bem como a medula e os nervos. O contraste a base de gadolínio causa menos reação alérgica se comparado ao contraste a base de iodo usado na tomografia. RNM é muito útil na avaliação de traumas na coluna.

Quando a dor é preocupante? ›

É importante buscar assistência médica imediata em casos de dor de cabeça forte, que surge de repente ou persiste por dias, que não cede com o uso de analgésicos comuns e está associada a sintomas como confusão mental, sonolência, febre alta, desmaios, convulsões, rigidez da nuca, vômitos ou alterações motoras.

Quando a dor na coluna não passa? ›

Uma lombalgia crônica dura em média três meses e não passa apenas com analgésico ou relaxante. Embora a intensidade da dor possa ser semelhante a um problema muscular, somam-se a ela outros sintomas, como febre, emagrecimento, dormência ou fenômenos de paralisia e irradiação da dor para uma ou às duas pernas.

Qual é o problema mais grave da coluna? ›

Principais Doenças Degenerativas da Coluna Vertebral
  • Hérnia de Disco. Uma hérnia de disco é uma protrusão de um disco, que ocorre entre cada osso da coluna vertebral. ...
  • Estenose Espinhal. ...
  • Doença Degenerativa do Disco. ...
  • Espondilolistese. ...
  • Osteofitose (Bico de Papagaio)
7 May 2021

Qual a melhor posição para dormir com dor na coluna? ›

Na hora de dormir, para aliviar a dor nas costas, a pessoa pode deitar de lado ou de barriga para cima, com a cabeça bem apoiada num travesseiro não muito fofo. O ideal é colocar outro travesseiro debaixo dos joelhos, caso a pessoa esteja de barriga para cima, ou entre os joelhos, caso durma deitada de lado.

Qual o remédio caseiro que é bom para dor nas costas? ›

Remédios caseiros para dores nas costas
  • Compressas quentes. Calor é benéfico para as costas. ...
  • Banhos quentes. ...
  • Suplementação de minerais. ...
  • Massagem com erva cidreira. ...
  • Massagem com erva de-são-joão. ...
  • Compressa de trigo. ...
  • Exercícios. ...
  • Ajuda com travesseiro.
5 Jun 2018

Onde se localiza a hérnia de disco? ›

A localização mais comum da hérnia de disco lombar é no disco que fica entre a quarta e quinta vértebra lombar (L4/L5) e no disco que fica entre a quinta vértebra e o sacro (L5/S1).

Videos

1. Dor nas costas nem sempre é da coluna; entenda
(RedeTV! Entretenimento)
2. DOR NAS COSTAS, DOR NA COLUNA E DOR DE COLUNA VERTEBRAL, QUAL A DIFERENÇA ENTRE ELAS !
(Dr. Jose Goldenberg - Reumatologista)
3. Dor nas costas (COLUNA LOMBAR) que não passa: o que pode ser, o que fazer e quando é grave
(Julio Pereira - Neurocirurgião)
4. Como Aliviar a Dor nas Costas em 4 Minutos - Funciona em 90% das pessoas! (Erros no Final)
(Dr. Alexandre Mota)
5. Minuto Coluna Vertebral: Formigamento e dormência podem estar relacionados ao problema de coluna?
(Dr. Alexandre Elias)
6. Qual a diferença entre inflamação na coluna e dor nas costas? | Dr. Henrique Explica
(Pró-Vida & Saúde)

You might also like

Latest Posts

Article information

Author: Merrill Bechtelar CPA

Last Updated: 09/17/2022

Views: 5965

Rating: 5 / 5 (50 voted)

Reviews: 81% of readers found this page helpful

Author information

Name: Merrill Bechtelar CPA

Birthday: 1996-05-19

Address: Apt. 114 873 White Lodge, Libbyfurt, CA 93006

Phone: +5983010455207

Job: Legacy Representative

Hobby: Blacksmithing, Urban exploration, Sudoku, Slacklining, Creative writing, Community, Letterboxing

Introduction: My name is Merrill Bechtelar CPA, I am a clean, agreeable, glorious, magnificent, witty, enchanting, comfortable person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.