ONDE ESTÃO OS MORTOS ? (2022)

O ESTADO INTERMEDIÁRIO DOS MORTOS

Antes da ressurreição de Cristo

Para compreender os ensinos bíblicos sobre o lugar para onde vão os mortos é necessário observar o texto original em hebraico do AT, e o original grego do NT. A palavra SHEOL, no AT, eqüivale em sentido a HADES, no NT. Diferem na forma porque a primeira é hebraica e a segunda é grega. Ambas designam o lugar para onde, nos tempos do AT, iam todos após a morte: justos e injustos, havendo, no entanto, nessa região dos mortos, uma divisão para os justos e outra para os injustos, separados por um abismo intransponível. Todos estavam ali plenamente conscientes. O lugar dos justos era de felicidade, prazer e segurança. Era chamado “Seio de Abraão” e “Paraíso”. Já o lugar dos ímpios era (e é) medonho, cheio de dores, sofrimentos, estando todos lá, plenamente conscientes.

No NT há três palavras diferentes, no grego, que são traduzidas pela palavra INFERNO em português. O Inferno, segundo Lucas 16.22,23, por exemplo, é tradução da palavra grega HADES. Por outro lado, o Inferno, segundo Mateus 23.33 é tradução do grego GEENA, enquanto que o Inferno conforme 2ª Pedro 2.4, é tradução de TÁRTARO. Em cada versículo, o significado varia no original quanto ao lugar ocupado pelos espíritos dos mortos.


Depois da ressurreição de Jesus

Antes de morrer por nós, Jesus prometeu que as portas do Inferno não prevalecerão contra aIgreja (Mt 16.18). Isto mostra que os fiéis de Deus, a partir dos dias de Jesus, não mais descerão aoHades, isto é, à divisão reservada ali para os justos. O texto em apreço indica futuridade em relaçãoà ocasião em que foi proferido por Jesus. A mudança ocorreu entre a morte e a ressurreição doSenhor, pois Ele disse ao ladrão arrependido:... hoje estarás comigo no paraíso” (Lc 23.43).

Sobre oassunto, diz o apóstolo Paulo:“... Quando ele subiu às alturas, levou cativo o cativeiro, e concedeu donsaos homens. Ora, que quer dizer subiu, senão que também havia descido até às regiões inferiores da terra?”

(Efésios 4.8,9)

Entende-se, pois, que Jesus, ao ressuscitar,levou para o Céu os crentes do AT que estavam no“Seio de Abaão”. Jesusressuscitou muitos desses crentes por ocasião da Sua morte, certamente paraque se cumprisse o tipoprefigurado na Festa das Primícias (Lv 23.9-11), que profeticamente falavada ressurreição de Cristo (ICo15.20,23). Nessa festa profética havia pluralidade (o texto bíblicofala de “molho” ou “feixe”).Logo, no seu cumprimento deveria haver também pluralidade. E houve,conforme vemos em Mateus27.52,53. A obra redentora de Jesus no Calvário alcançou não só osvivos, mas também os mortosque dormiam no Senhor.

Oapóstolo Paulo foi ao Paraíso, o qual está no terceiro Céu (2Co 12.1-4).Portanto, o Paraíso está agora lá em cima, na imediata presença de Deus. Nãoembaixo, como dantes. A mesma coisa vê-se em Apocalipse 6.9,10, onde as almasdos mártires da Grande Tribulação permanecem no Céu, “debaixo do altar”, aguardandoo fim desse período para ressuscitarem (Ap 20.4) e ingressarem no reino milenarde Cristo.

Oscrentes que agora dormem no Senhor estão no Céu, pois o Paraíso está lá agora,como um dos resultados da obra redentora do Senhor Jesus Cristo (2Co 5.8). Nomomento do arrebatamento da Igreja, seus espíritos virão com Jesus, unir-se-ãoa seus corpos ressurretos e subirão com Cristo,já glorificados.

A Bíblia não mais se refere ao Paraíso como estando “embaixo”, depoisque Cristo subiu para o Céu. Desse ponto em diante, todas as referências no NTfalam da localização do Paraíso como estando “em cima” ou “no alto”.

Na manhã da ressurreição, antes de Cristo permitir que MariaMadalena ou os discípulos O tocassem, Ele desceu ao SHEOL onde libertouos mortos justos que estavam no Paraíso (seio de Abraão) e transferiu-os paraum ponto situado nos lugares celestiais. Foi nessa ocasião que Ele “levoucativo ocativeiro” ou a multidão de almas cativas dos mortos justosesperando no SHEOL/HADES pela consumação da obra de Cristo.

Conforme vimos, quando morre, o crente não vai mais para o HADESe, sim, vai estar com Cristo. Paulo disse que deseja “partir e estar comCristo”. Em 2ª Coríntios 5.6-8, o apóstolo é enfático ao expressar suaconfiança de que estar “ausente do corpo” na morte é estar “presentecom o Senhor”.

Portanto, os mortos justos estão “presentes conscientes com Cristo agora",ou seja, estão onde Cristo está. Onde Cristo está? Sabemos que o Senhor não estáno HADES porque a Bíblia diz a respeito de Cristo que Sua alma não foideixada no HADES. Onde Ele está então? Dezenas de referências bíblicasnos declaram que Ele ascendeu ao Céu e está à direita de Deus (Rm 8.34, Hb1.3). E todos os que morrem salvos estão com Ele no Céu.

A presente situação dos ímpios mortos

ONDE ESTÃO OS MORTOS ? (2)
Cena do Filme: Constantine

Para os ímpios mortos não houve qualquer alteração quanto ao seuestado. Continuam descendo ao Hades, o “império da morte”, onde ficarãoretidos em sofrimento consciente até o Juízo do Grande Trono Branco, após o Milênio,quando ressuscitarão para serem julgados e lançados no Inferno eterno (Ap20.13-15).

Assim, qualquer fantasma ou “alma do outro mundo” que se afirmam aparecerpor aqui é coisa diabólica, porque do HADES não sai ninguém. E uma prisão,cuja chave está com Jesus (Ap 1.18). Alma do outro mundo não vem à Terra, poisos salvos estão com Jesus e os perdidos estão presos. Satanás, sim, porenquanto está solto e sabe imitar e enganar com muita habilidade.

Em Ezequiel 32.17-32, no chamado “rol das nações ímpias noHades”, vemos os ímpios mortos das nações ali referidas postos no HADES.Esta passagem é sumamente importante em face dos fatos que estamosabordando. Portanto, é necessário que você a leia na íntegra.

O estudo comparativo de passagens bíblicas como 1 Pedro 3.18-20 eAtos 2.27,31 mostra que a vitória de Cristo foi anunciada até no HADES, o Reinodos mortos. Todo o universo tomou conhecimento da vitória transcendental deJesus na Sua morte e ressurreição.

A sorte do incrédulo é selada durante sua vida terrena. Ele sabequal é o seu destino eterno e apenas aguarda o julgamento e a justiça de Deuspara ser “lançado fora” e sua sentença começar a vigorar.

CONCLUSÃO

ONDE ESTÃO OS MORTOS ? (3)

Os justos estão comDeus

Em Filipenses 1.23, Paulo falou de partir e estar com Cristo.Referia-se ao dilema que tinha quanto ao morrer ou continuar vivo. Reconheciaque, continuar nesta vida significava muito sofrimento, mas o terminar destavida significava uma partida imediata para a presença de Cristo.

Os justos estão noparaíso

Conforme Apocalipse 2.7, àquele que vencer, Cristo concederá oprivilégio de comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus”.Ainda que não seja usado o termo “paraíso” em Apocalipse 22.1,2, éprovável que a ideia seja a mesma. Nessa passagem, a “árvore da vida” apareceao lado do rio da água da vida, e o quadro total é de um paraíso ou jardim debem-aventurança.

Os justos estão vivose conscientes

Os justos desincorporados estão vivos e conscientes. Ainda que oNT ensine que há um estado desincorporados durante o intervalo entre a morte ea ressurreição, em parte alguma deixa transparecer a ideia de que esse estadoseja de animação suspensa ou de inconsciência.

Várias passagens bíblicas nos ajudam a compreender isso. Mateus 22.32registra que Jesus declarou aos saduceus que Deus é Deus dos vivos. Sua declaraçãofoi feita em referência às palavras dirigidas a Moisés na ocasião da sarçaardente: “Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó.”.

Jesus interpretou essa declaração como significando que Deus estavadizendo: Abraão, Isaque e Jacó morreram há muito tempo, porém eles continuamvivos. Deus não falou; Eu fui o Deus de Abraão... EU SOU... ou seja, EU CONTINUO SENDO O DEUS DE ABRAÃO...

Os justos estão emdescanso

Esta declaração se baseia nas palavras de Apocalipse 14-13: “... Bem-aventuradosos mortos que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, paraque descansem das suas fadigas, pois as suas obras os acompanham”.

A ideia principal do termo “descanso” é derefrigério depois do labor. Os que morrem no Senhor são descritos estando em umestado de bem-aventurança, porque entram numa experiência de regozijo,aliviados das lutas desta vida.

Mais do que isto, suas obras não param quando eles morrem, mascontinuam produzindo efeitos até o dia em que serão abertos os livros (Ap20.12).

O estado dos ímpiosfalecidos

As passagens do NT que tratam dos injustos no estadodesincorporado são menos numerosas do que as que se referem aos justos. Porém,as poucas passagens que se relacionam com este tópico conduzem a várias conclusões:

Lucas 16.23 relata que:

a) Os ímpios falecidos estão num lugar fixo.

b) Os ímpios falecidos continuam vivos e conscientes.

c) Os ímpios falecidos estão separados de Deus.

2 Pedro 2.9 afirma que:

Os ímpios falecidos estão reservados para o castigo eterno.Portanto, o ensino de que os mortos (justos ou ímpios) se encontram nasepultura, em sono profundo e em estado de inconsciência, como ensinam oAdventismo do Sétimo Dia e as Testemunhas de Jeová, por exemplo, não encontraapoio nas Escrituras.

Quando a Bíblia usa a expressão que as pessoas que morreram estãodormindo, é uma figura de linguagem chamada EUFEMISMO e se refere ao estado docorpo e não da alma.


Estudo extraído do livro
ESCATOLOGIA BÍBLICA -
DEUS REVELA O FUTURO de autoria deANTONIO GILBERTO DA SILVA, adaptado para o Curso de Teologia da EETAD -Escola de Educação Teológica das Assembleias de Deus, págs 3 à 10.

"...sabendo que fui posto para a defesa do Evangelho".

Filipenses 1:17

You might also like

Latest Posts

Article information

Author: Allyn Kozey

Last Updated: 10/24/2022

Views: 6811

Rating: 4.2 / 5 (63 voted)

Reviews: 86% of readers found this page helpful

Author information

Name: Allyn Kozey

Birthday: 1993-12-21

Address: Suite 454 40343 Larson Union, Port Melia, TX 16164

Phone: +2456904400762

Job: Investor Administrator

Hobby: Sketching, Puzzles, Pet, Mountaineering, Skydiving, Dowsing, Sports

Introduction: My name is Allyn Kozey, I am a outstanding, colorful, adventurous, encouraging, zealous, tender, helpful person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.